Loading

Fazia um bom tempo, mas um bom tempo mesmo, que um filme não me arrancava tantas risadas!
Se você curtiu Meu Malvado Favorito em 2010, prepare-se por que a receita foi repetida com um tempero especial: Minions e mais Minions!
Os estúdios Ilumination Entertainment, com bem menos nome que a poderosa Pixar, tinham a missão de continuar o ótimo trabalho do animação de 2010, que nos apresentou Gru – o anti-herói, suas filhinhas adotivas e os impagáveis Minions, que de coadjuvantes engraçadinhos, vão passar a ter seus próprios projetos!

Desta vez, Gru (na voz de Steve Carell em inglês e Leandro Hassum em português) está de volta já incorporando seu lado “do bem” já que na primeira animação mostrava o malvado entrando em contato com um lado seu que ele nem sabia que existia. Gru deixou de ser o maior vilão do mundo, e agora passa seu tempo cuidando de suas três filhas adotivas e empreendendo, buscando a formula perfeita de geleia de frutas.

A novidade na história de fundo é a dificuldade de Gru em arranjar um par romântico. Então, quando surge um novo vilão, a Liga Anti-Vilões (uma SHIELD animadinha…) tenta recrutar nosso Malvado Favorito, mesmo que a força, para ajudá-los a combater o misterioso novo Vilão. Neste meio tempo, ele conhece uma agente nada Bond girl, mas que possui todos seus brinquedinhos de espião (há varias referências às bugigangas 007) e passa a povoar o coração depilado de Gru.

Se por um lado, a história de Meu Malvado Favorito 2 fica um pouco atrás de seu primeiro filme, em termos de diversão, os Minions dão um show a parte.

As crianças vão gostar, mas só os adultos vão entender parte do humor pastelão e as referências musicais presentes.

E fique durante os créditos! Novamente eles brincar com o 3D e você!

Nossa avaliação:
( ) Devolva meu dinheiro!
( ) Devia ter esperado sair na TV…
( ) Beleza, se perder no cinema, depois alugo.
( X ) Vale o ingresso!
( ) Modafoca!

Despicable Me 2 – EUA , 2013 – 98 minutos
Animação / Comédia
Direção: Pierre Coffin, Chris Renaud
Roteiro: Ken Daurio, Cinco Paul

<p>Dinheiro não traz felicidade… mas compra quadrinhos, que é quase a mesma coisa!</p>

Top