Lady Killer Vol. 2 – Joelle Jones

Josie Schuller é uma esposa dedicada, uma mãe amorosa e… uma assassina de aluguel. Capaz de equilibrar os deveres de uma típica dona de casa norte-americana dos anos 1960 com vários assassinatos a sangue-frio, ninguém desconfia que ela leva uma vida dupla.
Após as perseguições e imprevistos do primeiro volume, que se você acompanha o Fanzine, já leu ou ouviu… o que, não sabia? Então leia ou ouça AQUI! Pois bem, Josie decide se mudar com a família para Cocoa Beach, na Flórida, onde as coisas continuam mais ou menos como era antes: Josie vende Tupperware, cuida da família e vai colecionando alguns cadáveres pelo caminho.
A única diferença é que, agora, ela está trabalhando sozinha. Fazer vítimas continua fácil, o problema é cuidar da bagunça depois. Então, quando uma figura do seu passado aparece com uma proposta de parceria, Josie não consegue recusar. Mas há muito mais em jogo do que uma cena do crime sangrenta para limpar…

Joëlle Jones continua sua criação matadora que ganhou o coração dos leitores da DarkSide® Books. No segundo e último volume de Lady Killer: Graphic Novel Vol. 2, Jones exibe seu talento e deixa os leitores boquiabertos: seu traço está ainda mais violento, impressionante e expressivo, e a história, cheia de nuances e momentos inesquecíveis.


A Dark Horse, editora dos volumes norte-americanos, publicou originalmente as duas séries em 5 edições. Apesar de serem continuações e não termos oficialmente declarado o fim da personagem ou da série, não há notícias de continuações em vista… pelo menos não agora. Porém uma série como esta não deve morrer (literal e figurativamente falando).


Neste volume, começamos a descortinar o passado de Josie e a entender suas motivações. A relação com sua sogra, que já não era das melhores, ganha novos atritos. Revelações chocantes vêm à tona, e, enquanto isso, o marido de Josie continua sem desconfiar de nada…
Sangrento, medonho e brutal, o quadrinho é perfeito para quem devorou o livro da linha Crime Scene, Lady Killers: Assassinas em Série, uma compilação macabra das mulheres mais letais da história. A autora Tori Telfer, aliás, assina uma introdução exclusiva à edição brasileira da graphic novel. Se Josie fosse uma pessoa real, ela com certeza teria sido estudada por Telfer.

Bem-humorado e eletrizante, Lady Killer: Graphic Novel Vol. 2 é um daqueles quadrinhos impossíveis de largar. Seguindo o padrão de qualidade quase psicopata da DarkSide®, a graphic novel é mais uma edição ao selo DarkSide® Graphic Novel, que já trouxe títulos como Meu Amigo Dahmer, Fragmentos do Horror, Aurora nas Sombras e Floresta dos Medos, todos eles você já conferiu aqui nossa opinião!

Você sabia que temos uma playlist no Spotify com TODOS episódios gravados com edições do selo Darkside Graphic novels? Clique aqui para ouvir!

Imagem relacionada

Quanto a autora, Joelle Jones é quadrinista e atualmente trabalha e reside em Los Angeles, nos Estados Unidos. Ela já contribuiu com uma grande variedade de projetos; só na DC Comics, ela tem no currículo personagens eternos como Mulher-Gato, Batman e Supergirl. Artista indicada para o Eisner Award, Jones já emprestou seu talento para a Prada e projetos da Marvel, Vertigo e The New York Times. Conheça mais do trabalho dela em joellejones.com.

Link para compra:

https://www.darksidebooks.com.br/lady-killer-hq2-drk-x/p

https://www.amazon.com.br/Lady-Killer-Graphic-Novel-Vol/dp/8594541953

Capa dura: 144 páginas
Editora: Darkside; Edição: 1 (26 de fevereiro de 2020)
Idioma: Português
Dimensões: 17 x 1,3 x 26 cm



Fabio Camatari Escrito por:

Dinheiro não traz felicidade... mas compra quadrinhos, que é quase a mesma coisa!