Loading

Depois da morte do filho, Regina Segal leva a neta, Mica, a Varsóvia para recuperar uma propriedade da família, perdida durante a Segunda Guerra Mundial. À medida que elas vão conhecendo a moderna Varsóvia, Regina é obrigada a enfrentar as difíceis memórias de seu passado e Mica começa a se perguntar se as razões da viagem não seriam diferentes do que a avó a levara a crer.

rutu2
Rutu Modan nos põe em contato com um mundo povoado por velhos rabugentos, funcionários públicos espertalhões e mulheres teimosas um mundo cujo realismo se expressa ora no comportamento absurdo das pessoas, ora nas complexas consequências de seus sacrifícios. A sagacidade de Modan reflete perfeitamente no estilo claro e linear de seus traços, ao passo que um colorido sutil, quase pastel, complementa as nuances verossímeis de sua caracterização. Profundo e penetrante, elegante e sutil, A Propriedade é um triunfo gráfico e narrativo que consolida a inserção de Modan no rol dos maiores quadrinistas da atualidade.

Uma história de família, segredos e amor.

rutu31

Em 2014, A Propriedade ganhou o Eisner Award de Melhor Álbum Gráfico Inédito. É a segunda graphic novel de Rutu Modan. O primeiro, Exit Wounds, também venceu na mesma categoria, em 2008.
A obra esteve na seleção oficial do Festival Internacional de Quadrinhos de Angoulême, na França, em 2014, e recebeu também o Ignatz Award, em 2013, como Melhor Graphic Novel.

Tantos merecidos prêmios são frutos de uma obra que vai muito além se sinopse. A história descrita na contra capa indica algo do tipo jornada interior, busca pelo passado, etc. É muito mais, tanto que a própria protagonista brinca com este tema durante a edição. Temos humor, doses de drama, piadas localizadas e sim, uma história de amor.

rutu1

A edição traz uma arte diferente do padrão que estamos acostumados, um traço simples, cartunesco, porém detalhista. Cada cena é preenchida com pessoas e ambientes que fazem sentido e compõe o todo. Você pode ler o balão de texto, focar na personagem e depois ampliar a visão e entender ao redor. Foram 224 páginas lidas no voo de ida até Montevidéu que pareciam 84, mas poderiam ser muito bem 500… A autora israelense de 51 anos e nascida em Tel Aviv, médica e filha de médicos, optou por seguir a carreira de ilustradora e escritora.

A Propriedade entrou para meu Top 10 e certamente terá destaque na estante.

Editora: WMF Martins Fontes – Edição especial
Autora: Rutu Modan (roteiro, arte e cores) – Originalmente publicado em Ha-Neches (Tradução de Marcelo Brandão Cipolla, a partir da versão para o inglês The property, por Jessica Cohen).
Preço médio: R$ 69,90
Número de páginas: 224
Data de lançamento: Outubro de 2015

<p>Dinheiro não traz felicidade… mas compra quadrinhos, que é quase a mesma coisa!</p>

Top