Loading

O futuro foi pra casa do ca#@$&* e agora os remanescentes mutantes que ainda sobreviveram ao holocausto Sentinela tentam sua última cartada: alterar o passado!
A premissa simples traz à franquia X-Men o mais perigoso dos temas – viagens no tempo. Só faz certo quem sabe e Bryan Singer acertou na mosca!
X-Men – Dias de um Futuro Esquecido, sétimo longa com mutantes, quarta exclusivo do sistema de ensino Xavier, adapta para o cinema um dos melhores arcos já escritos no quadrinhos. A obra original foi escrita por Chris Claremont na década de oitenta e é muito cultuada ainda hoje. Sua capa (imagem deste post) é icônica e já inspirou muita gente. O arco fez tanto sucesso que também veio a ser adaptado pela série animada, muito conhecida pela geração desenho que hoje ajuda a lotar os cinemas.

Quatorze anos depois de Wolverine ter desembainhado as garras pela primeira vez nas telonas, o momento cinematográfico é completamente distinto: heróis de colantes funcionaram – e muito! – e o público quer algo mais do que a tradicional trilogia de filmes que foi a regra tanto tempo. Aliás, trilogia esta que manchada pelo terceiro filme. Pensávamos não ser mais possível trazer os heróis clássicos ao mesmo universo iniciado por First Class e que o passado seria para sempre, digno de esquecimento, respingando mágoas até pelos outros dois filmes da trilogia, que são muito bons! Eis que então temos a volta de Bryan Singer, determinado a consertar tudo (ou quase tudo…). Deu certo!

Ótimo ver que Dias de um Futuro Esquecido, que inspirou até James Cameron em O Exterminador do Futuro, agora aproveita também a arte conceitual do futuro apocalíptico zoado pela Skynet.

A ambientação dos anos 70 é bastante divertida, com referências de thrillers e filmes de assalto da época, com músicas bem selecionadas e dando um ar despretensioso à aventura. Fotografia nota 10!

O elenco funciona muito bem: Bolivar Trask (Peter Dinklage), é o responsável pela exército de robôs caçadores de mutantes, os Sentinelas. Wolverine (Hugh Jackman) volta aos anos 70 para impedir um evento marcante, mudando o rumo da história. Patrick Stewart e James McAvoy (Professores Xavier), Michael Fassbender e Sir Ian McKellen (Magnetos), Jennifer Lawrence (obrigado por ter aceito aquele contrato baratinho antes de Jogos Vorazes! – como Mística). Os demais mutantes também vão de acordo e são muito bem aproveitados, o que seria um risco, pois são muitos poderes na tela e poderia ter sido desastroso assistir a isso. Fechando o assunto, a participação de Mercúrio (Evan Peters) é pequena, mas SENSACIONAL! Momento #ChupaFlash.

Um dos melhores filmes deste verão americano! Recomendamos fortemente que assista. Inclusive, fique até a última letra dos créditos finais, pois temos uma pequena cena de explodir cérebros! quem lê ou leu quadrinhos, vai pirar…

X-Men – Dias de um Futuro Esquecido (X-Men: Days of Future Past)
EUA , 2014 – 131 min. Aventura
Direção: Bryan Singer
Roteiro: Simon Kinberg, Jane Goldman e Matthew Vaughn
Elenco: Hugh Jackman, Patrick Stewart, Ian McKellen, James McAvoy, Jennifer Lawrence, Michael Fassbender, Nicholas Hoult, Anna Paquin, Ellen Page, Shawn Ashmore, Halle Berry, Peter Dinklage, Omar Sy, Evan Peters, Josh Helman, Daniel Cudmore, Fan Bingbing, Adan Canto, Booboo Stewart, Lucas Till, Evan Jonigkeit

Nossa avaliação:
( _ ) Ruim pacas, devolva meu dinheiro!
( _ ) Regular, pode até esperar sair em DVD…
( _ ) Bom, cumpriu o prometido sem pisar no tomate!
( _ ) Muito bom mesmo, valeu o ingresso!
( X ) Modafoca!

<p>Dinheiro não traz felicidade… mas compra quadrinhos, que é quase a mesma coisa!</p>

Top