Loading

O que aconteceria se você reunisse seus maiores ídolos, da área que você mais curte, para um papo de mesa de bar? E se fosse mais que um bar? E se não houve limites para o que acontecesse?
A HQ Uma Noite em L’Enfer nasceu da vontade do quadrinista Davi Calil (visto aqui no SENSACIONAL, Quaisqualigundum) de escrever uma história protagonizada pelos grandes ídolos de sua juventude.
Não por acaso, os heróis do mais recente álbum do autor atendem pelos nomes de Vincent van Gogh, Paul Gauguin, Toulouse-Lautrec, Gustav Klimt e Francisco de Goya.
“É uma história em que todos os personagens tomam as piores decisões possíveis”, explica Calil. Segundo o artista, à medida que pesquisava sobre seus heróis ele percebia a moral questionável de cada um: “Eles foram irresponsáveis, sempre fizeram escolhas erradas e arcaram com as consequências de seus atos”.

No entanto, o quadrinista tomou algumas liberdades poéticas, criando um encontro improvável entre os cinco artistas na capital francesa no fim do século XIX.

O gibi tem início na cidade de Arles, na França, no dia 29 de julho de 1891. Na HQ, Vincent van Gogh sobrevive a uma tentativa de suicídio – a mesma que resultou em sua morte fora dos quadrinhos – e parte em busca de sua musa e amante, a prostituta Sien. No caminho, ele encontra Gauguin e é levado por ele ao infame cabaré parisiense L’Enfer.

Lá, eles são recebidos por Klimt e Toulouse-Lautrec, colegas pós-impressionistas, e por um misterioso e centenário Goya. Em meio a álcool e outras drogas, eles iniciam um torneio de contação de histórias, que coloca em jogo o destino de cada um dos pintores.
lenfer-fechamento-pg-042
O título saiu pela Editora Mino e é recomendado para maiores de 18 anos.

A arte do mestre Davi Calil está estupenda. A temperatura das cores, a narrativa, estão soberbas. Não se pode contar muito mais aqui sob o risco de spoilers, mas adianto, é uma HQ única e obrigatória.

título: UMA NOITE EM L’ENFER
isbn: 9788569032151
idioma: Português
encadernação: Brochura
formato: 21 x 28
páginas: 192
ano de edição: 2016
edição: 1ª

<p>Dinheiro não traz felicidade… mas compra quadrinhos, que é quase a mesma coisa!</p>

Top