Loading

dickbooklgNota triste para quem curte quadrinhos e é das antigas: morreu hoje Dick Giordano, desenhista e arte-finalista de primeira grandeza.

Dick Giordano faleceu aos 77 anos. Além de competente artista, era ótimo editor, atual inicialmente na Charlton Comics, posteriormente passando a DC Comics. Não fosse por ele, não teríamos Watchmen, por exemplo, afinal ele deu o ponta pé inicial no selo Vertigo.

Possui um estilo limpo e clássico. Nada de rabiscos, arte abstrata ou exageros. Desenhava heróis com perfeita definição anatômica. Se era para parecer forte, seria forte proporcionalmente. Se era para ser bela, seria atraente sem ser dotada de 1,80m de pernas e 0,30m de corpo, com hiperlordose de 90°.

Artista da Era de Bronze dos quadrinhos, foi mentor de feras como Terry Austin e Bob Layton. Fez parcerias históricas com Neal Adams ajudando a criar a versão definitiva de Batman como o conhecemos hoje.

Ganhou prêmios como Melhor Editor (Prêmio Alley – 1969) e Melhor Arte-finalista (Prêmio Shazam – Divisão dramática) em 1970,1971,1973, e 1974.

Estão em seu currículo Batman, Mulher Maravilha, Lanterna Verde e Arqueiro Verde, como podemos na edição histórica abaixo, a primeira a tratar do problema das drogas de forma aberta e ilustrada.

lvnealadams2

Por causa de caras como este, que faziam arte como poucos, é que os quadrinhos entraram para minha vida.

Descanse em paz, Sir.

Conheça mais sobre seu trabalho em http://www.dickgiordano.com/

<p>Dinheiro não traz felicidade… mas compra quadrinhos, que é quase a mesma coisa!</p>

Top