Loading

Porque é uma obra feita para ilustrar a amizade verdadeira, artigo cada vez mais raro hoje em dia. Porque nos faz ter vontade de ter a mesma idade dos personagens. Porque mostra um mundo do qual nos faz querer fazer parte. Porque é puro, mágico, simples e dinâmico.

Comprei Laços em seu lançamento e guardei para ler num momento oportuno, tranquilo, em casa com minha esposa (que adora Turma da Mônica desde sempre!). E fiz o certo. Esta Graphic Novel não foi feita para se ler em pé numa fila, na espera do dentista ou no ônibus. Ela foi feita para se refletir, para se ler com os filhos a noite, para se contar em suas férias.

Laços, a segunda Graphic Novel MSP (Maurício de Sousa Produções, a primeira foi Astronauta – Magnetar) é trazida pelos irmãos Vitor e Lu Cafaggi e lançada pelo selo MSP e Panini Comics.
O cuidado, o tratamento, o traço são únicos. Não são os traços familiares que conhecemos dos personagens, mas nem um pouco você sente falta disso. É uma história única. É tão bem feita que você pode notar o “envelhecimento” de páginas flashbacks em relação as correntes.

Ando revendo meus filmes dos anos 80 ultimamente e a história tem tudo a ver com essa época. Me lembra Goonies, Peter Pan (tanto que até brincam com isso) e apesar do título provisório ter sido Garotos Perdidos, não faça referência com o filme homônimo de 87, com Jack Bauer vampiro e mocinho.

Floquinho desapareceu e para encontrar seu cachorro de estimação, Cebolinha conta com os amigos Cascão, Mônica e Magali e lógico, mais um plano infalível.

Se você não lê quadrinhos, tenha pelo menos a curiosidade de ler este. Mas se você simpatiza com a nona arte, é item obrigatório em qualquer coleção. Aproveitando, ouça o ZineCast #4 sobre Quadrinhos para conhecer parte de nossa história!

Laços faz bem para a vida. Por isso eu amo meus amigos.

<p>Dinheiro não traz felicidade… mas compra quadrinhos, que é quase a mesma coisa!</p>

Top