FANZINE.com.br Publicações

19 de mar de 2008 / / Cinema

Sabe aquele dia em que você vai ao cinema sem filme pré escolhido, indicação ou palpite? Pois é. Foi assim que descobri Ponto de Vista (Vantage Point). Como referência, eu…

19 de mar de 2008 / / Cinema

Minha surpresa ao ouvir no rádio esta manhã: Morre Arthur Clarke!

Arthur C. ClarkeNesta terça-feira morreu um dos maiores escritores de ficção científica de todos os tempos, Arthur Charles Clarke (1917-2008). O autor de 2001 – Uma Odisséia no Espaço tinha 90 anos, morava no Sri Lanka e sofria há anos de problemas respiratórios.

Nascido no Reino Unido, Arthur Clarke ingressou na Sociedade Interplanetária Britânica em 1936 e serviu na Segunda Guerra Mundial como operador de radar – experiência que rendeu seu único romance fora da ficção científica – antes de se graduar em matemática e física em Londres.

Sua maior contribuição à humanidade, porém, não foi meramente artística, e sim científica: a concepção, em 1945, através de um artigo intitulado Extra-terrestrial Relays, do sistema de satélites em órbita geo-estacionária que entrariam em funcionamento apenas 25 anos depois – e seguem em uso até hoje. Por conta dos seus estudos, a órbita a 36 mil quilômetros de altura, onde são estacionados os satélites, foi batizada de “Órbita Clarke“. Este trabalho o tornou reconhecido como “pai” do conceito de satélites para comunicações.

12 de mar de 2008 / / Quadrinhos
5 de mar de 2008 / / Quadrinhos
13 de fev de 2008 / / Quadrinhos

Leitores do Zine Acesso, com muita satisfação tenho a oportunidade de trazer um personagem ímpar na história da Marvel Comics: ROM, o Cavaleiro do Espaço. Se fosse idealizado hoje, com…

31 de jan de 2008 / / Quadrinhos
30 de jan de 2008 / / Cinema

Eu sou a LendaSe não for um dos melhores filmes do ano, pelo menos tem uma das melhores histórias!

Baseado na obra I am Legend, de Richard Matheson em 1954, não é primeira (e provavelmente não a última) adaptação deste livro. Anteriormente tivemos: Mortos que matam (The Last Man on Earth, 1964), A Última Esperança Sobre a Terra (The Omega Man, 1971) e o atual, Eu Sou a Lenda (I Am Legend, 2007) – todos absolutamente distintos e representam o cinema de suas épocas.

Confesso que li primeiro o livro, recentemente relançado pela Editora Novo Século antes de ir aos cinemas. E valeu a pena, pois foram duas experiências interessantes.

A obra de Matheson é atemporal, isto é, pode ser ambientada em qualquer época, em qualquer lugar, quantas vezes for desejada. Trata da infecção da população por um vírus de “vampirismo”, onde ele seria o ultimo homem (conhecido) não infectado. Daí em diante, a história narra como Robert Neville sobreviveu, sozinho, até….. fazer contato! O mais impressionante é que em 1954, ano do livro, Matheson detalha como um ser tão mitológico quanto o vampiro, pode ser explicado de forma lógica e científica.

15 de jan de 2008 / / Quadrinhos
3 de dez de 2007 / / Cinema

Confesso que fui assistir A Lenda de Beowulf com certo receito, uma vez que a mitologia nórdica é muito rica e ao mesmo tempo de fácil entendimento. Das muitas vezes…

26 de out de 2007 / / Cinema