Loading

homem_lua_nasaHoje “comemoramos” 40 anos da bem-sucedida e histórica viagem a da Apolo 11 para a Lua. “Um pequeno passo para um homem, um salto gigantesco para a Humanidade”. Essa foi a frase escolhida pelo astronauta Neil Armstrong quando pisou na Lua e que é o equivalente “positivo” para a NASA de outra frase famosa: “Houston, We have a problem”…

Tal feito influenciou a ciência de um modo geral e como não poderia deixar de ser, ganhou campo no mundo pop.

O desafio da data de hoje é identificar as mais variadas manifestações do mundo do entretenimento, para a concretização de um sonho da ficção científica.

Na música por exemplo, Man on the moon, do R.E.M. é uma de minhas prediletas, apesar da temática ser outra. No Brasil, só me ocorre Astronauta de Mámore, do Nenhum de Nós.

Para o cinema, foi um prato cheio! Particularmente gosto de Cowboys do Espaço, com Clint Eastwood, mas a viagem a Lua abrir literalmente as fronteiras do espaço, inaugurando uma era gloriosa, com Star Trek, Star Wars epor aí vai.

Obviamente, a literatura também ganhou boas obras com o tema. Somente a poucos meses li Ponto de Impacto, do mestre vendedor de livros Dan Brown. O livro mostra uma NASA mais mundana, feita por homens reais e falha como tal, servindo de pano de fundo numa disputa política em alta rotação. Segue a receita batida de Brown, porém num campo diferente e atraente. Vale a leitura.

Deixei muitas outras referências de fora, justamente para provocar vocês, leitores! Coloquem suas opinões e dicas nos comentários! Mãos a obra!

Fechando a data, gostaria de indicar outro texto: 20 de julho: Dia do Amigo, 40 anos do “Homem na Lua” e muito mais…

<p>Dinheiro não traz felicidade… mas compra quadrinhos, que é quase a mesma coisa!</p>

Top