Loading

Antes que o Universo contemplasse o confronto entre os dois gigantes da Marvel Comics e da DC Comics, o público brasileiro foi presenteado com o crossover entre dois super-heróis de grande garbo e elegância. Ou, pelo menos, quase…

O primeiro crossover oficial

Em 1976, o mundo testemunhou, aquele que seria o primeiro de muitos outros crossovers entre personagens de duas editoras. Super-Homem contra Homem-Aranha – A Batalha do Século, foi publicado nos EUA e tinha como equipe de criação os já consagrados artistas Gerry Conway e Ross Andru. A ideia inicial era que as duas editoras produzissem um filme estrelando seus personagens mais famosos, mas como Superman – O Filme, com o eterno Christopher Reeve e uma série do Homem-Aranha já estavam em produção, o projeto dos filmes com os dois super-heróis foi descartado, entretanto a proposta foi transferida para sua mídia original: os quadrinhos.

No Brasil

Em 1937, o Jornal O Globo, lançou um suplemento chamado “O Globo Juvenil” e em 1939 foi lançado no Brasil, também pelo grupo Globo, uma revista de história em quadrinhos, chamada “GIBI”, nas quais eram publicadas histórias de personagens como Fantasma, Superman, Príncipe Valente e etc.  Dois personagens figuravam entre os super-heróis que desfilavam nestas revistas. Capitão Marvel e Tocha Humana (O androide).

Nos EUA

Criado em 1939 por Bill Parker e C.C. Beck, o Capitão Marvel apareceu pela primeira vez na revista Whiz Comics #2 em fevereiro de 1940, e devido ao grande sucesso a National Publications (uma das empresas que mais tarde se tornaria a DC Comics) iniciou com um processo contra a Fawcett Comics, alegando que o Capitão Marvel era um plágio do Superman. E em 1953 as histórias do Capitão Marvel deixam de ser publicadas.

Enquanto isso, ao lado de Capitão América e Namor, o Tocha Humana era um dos três principais super-heróis da editora Timely Comics (Antigo nome da Marvel Comics) e que, como muitos personagens, caiu no esquecimento durante a década de 50.

shazamtocha1shazamtocha2

O Crossover brasileiro

Diante de todos estes conflitos entre editoras e personagens que caíram no esquecimento, estavam os brasileiros que acompanhavam as aventuras dos dois heróis, e para não deixar os fãs abandonados, a revista O Globo Juvenil, republicava o material antigo em suas páginas. Até que em 1964, no Almanaque do Globo Juvenil, foi publicado uma história que juntava o Capitão Marvel e o Tocha Humana, intitulada A Volta de um Grande Herói.

Ao contrário do que vemos hoje, o encontro entre os heróis não foi uma disputa, mas sim uma parceria para investigar o desaparecimento de um antigo amigo de Billy Batson. Existe até um ¨vilão que não pertence à cronologia de nenhum dos protagonistas: O Cobra.

A história foi desenhada por Rodriguez Zelis, infelizmente não sabemos se ele também escreveu o roteiro. Um encontro único e exclusivo, publicado no Brasil.

shazamtocha3shazamtocha4

Fontes consultadas:

Top