Loading

b52rmaMuito provavelmente você já deve assistido, ou no mínimo ouvido falar do filme “Curtindo a Vida Adoidado”. Clássico imbatível da Sessão da Tarde, o filme da década de oitenta é uma das grandes provas que o cinema foi feito para divertir.

Mas e John Hughes, você conhece? Foi o diretor de filmes como Clube dos Cinco e Ela Vai Ter um Bebê, além de, claro, Curtindo a Vida Adoidado. Nesta quinta-feira, dia 6, morreu de ataque cardíaco.

Hughes teria sofrido o acidente do coração pela manhã, enquanto fazia uma caminhada durante uma visita familiar em Nova York. Ele tinha somente 59 anos.

Dirigiu poucos filmes conhecidos, tendo asssinado scripts de filmes recentes como Encontro do Amor, 101 Dálmatas e todas as sequências do cão Beethoven. Como podem ver, todos clássicos das tardes na TV.

Esqueçam a “profundidade” desses filmes. Eles foram feitos para divertir e apesar de nunca arrebatarem algum prêmio ou estueta, cumpriram bem seu papel e marcaram gerações. Quer uma prova disso? Faça o seguinte exercício mental:

1- Tente se lembrar de 3 filmes despretenciosos como os citados, que povoaram as telas sua infância.

2- Agora recorde dos 3 últimos ganhadores do Oscar de Melhor Filme.

Qual foi mais fácil de relembrar?

As vezes somos tão “críticos”, tão “profissionais”, ou mesmo “entendidos” de cinema, que as vezes nos esquecemos de exergar a real natureza de algumas obras: o entretenimento. Diversão, simples e pura.


John hughes, obrigado por ter nos presenteado com “Curtindo a Vida…”

Este post também foi escrito em homenagem a um grande amigo, Aleandro, que assim como eu, não se cansa de assistir as peripécias de Ferris Bueller!


curtindo_a_vida_adoidado

<p>Dinheiro não traz felicidade… mas compra quadrinhos, que é quase a mesma coisa!</p>

Top