Mônica – Tesouros – Bianca Pinheiro

Sinopse Oficial: Mônica viaja com os pais para um hotel fazenda e o Sansão sofre um “acidente”. Mas o que ela achava que seria um passeio entediante vira uma jornada cheia de descobertas e aventuras. Depois do sucesso de Força, Bianca Pinheiro retorna à principal personagem de Mauricio de Sousa numa história que valoriza os pequenos tesouros da vida.

A nova graphic novel solo de Mônica é uma continuação quase que direta da anterior (Força), que mostrava os pais da gordinha dentuça mais querida do Brasil, em uma má fase de seu relacionamento, mostrando os vários aspectos da necessidade da “força” durante a vida conjugal. Em Tesouros, as coisas vão se ajustando e para ajudar a melhorar o ambiente na família, nada melhor que férias!

Entretanto, férias longe dos amigos pode não parecer uma boa ideia, ainda mais para quem já mudou de colégio e passou a ver menos os amigos da rua… esse não foi bem o caso aqui.

Os pequenos Easter eggs e referências ao universo criado pela MSP em selo de graphic novels já é capaz de se sustentar sozinho, tanto na inserção de alguns elementos gráficos familiares, quanto referências textuais aqui e acolá. Vale também pontuar a referência a Bear, quadrinho autoral de Bianca Pinheiro.

E a que se referem os “Tesouros” que dão título a obra? Podemos entender de várias formas:

  • A viagem é uma forma de recuperar a perda eminente do tesouro familiar, tão escasso hoje em dia e por muitas vezes desvalorizado por nós.
  • Os amigos ficam para trás nestas férias, mas nem por isso esse tesouro antigo e seguro seria ameaçado. Pelo contrário, vamos ver que este tesouro na realidade só aumentou ao longo das páginas, quando conhecemos outro personagem.
  • Sansão perde um olho… em geral é uma “tragédia” quando seu brinquedo preferido se quebra e no final, vemos uma bela saída para o problema.
  • Antônio, novo personagem introduzido neste universo, também tem uma história pessoal tocante e que acaba se entrelaçando com a aventura de férias de Mônica. Sem spoilers, é com ele que temos um dos momentos mais tocantes da edição.

Enfim, estamos falando dos vários pequenos tesouros que temos e por muitas vezes negligenciamos, deixamos de dar o devido valor.

Sem dúvida é uma obra mais leve que outras do selo. É possível notar também como o texto encaixa melhor nesta edição e a arte igualmente evolui, quando comparamos a Força.

Talvez não seja eleita uma das melhores do ano, pois, como muitas do selo, as vezes necessitamos nos “conectar com a obra e cada um vive isso de uma forma diferente. Ou aproveitando o tema, cada um valoriza de uma maneira seus próprios tesouros…

Este é o 22º título desse prestigiado projeto que, desde 2012, oferece aos leitores histórias marcantes, nos mais variados gêneros.

O selo Graphic MSP possibilita que autores brasileiros convidados reimaginem os clássicos personagens de Mauricio de Sousa em seus próprios estilos.

Bianca Pinheiro Cristaldi da Silva (nascida no Rio de Janeiro em 21 de setembro de 1987) é quadrinhista e ilustradora.

Radicada em Curitiba, formou-se em Artes Gráficas pela UTFPR. Fez pós-graduação em Histórias em Quadrinhos pela Opet. Começou a publicar webcomics em 2012. Seu principal trabalho, Bear, que narra as aventuras de uma menina perdida e um urso que se torna seu amigo, teve suas histórias reunidas e publicadas em 2014, com um segundo volume sendo lançado em 2015, e o terceiro em 2016. As aventuras da dupla foram publicadas na França pela editora La Boîte à bulles, em 2017, com o título de Raven et l’Ours.

Ganhou em 2015 o 27º Troféu HQ Mix, na categoria Novo Talento (Roteirista). Também em 2015, sua HQ Dora foi apresentada em forma de leitura encenada no projeto Cena HQ, em Curitiba.

Participou como convidada no Festival Internacional de Quadrinhos (FIQ) em Novembro de 2015, onde lançou seu segundo livro independente, a HQ ‘Meu Pai é um Homem da Montanha’, dessa vez em parceria com Gregório Bert. Também no mesmo FIQ, Sidney Gusman anunciou que Bianca Pinheiro faria a Graphic MSP inédita da Mônica.

Ganhou em 2017 o 29º Troféu HQ Mix na categoria Troféu HQ Mix – Publicação infantojuvenil pela Graphic MSP Mônica – Força. No ano seguinte, ganhou o 30º Troféu HQ Mix na categoria Troféu HQ Mix – Publicação independente e HQ Mix – Publicação independente edição única pela HQ Alho-Poró.

Link para compra: https://www.amazon.com.br/Graphic-M%C3%B4nica-Tesouros-Bianca-Pinheiro/dp/854261819X

Formato: 19 x 27,5 cm
Tipos de capa: versões em capa dura e brochura
Tipo de lombada: quadrada
Miolo: couché brilho 150 g
Número de páginas: 96 páginas
Preço capa dura: R$ 41,90
Preço capa brochura: R$ 31,90
Lançamento: 08/03/2019



Fabio Camatari Escrito por:

Dinheiro não traz felicidade... mas compra quadrinhos, que é quase a mesma coisa!