Loading

A tristeza se abate sobre aquele que sempre comenta empolgado os filmes de ação-blockbuster-anos80.
Mercenários 3 tinha tudo para ser mais filme de sucesso dos anos 80, caso tivesse mantido sua alma original, presente nos dois primeiros filmes: nada de roteiro, pura ação, humor e diversão de trinta anos atrás.
A verdade é que este terceiro filme deixou de ser oitentista e quis se atualizar. Virou anos 2000 e se perdeu. Virou um filme ruim, de hoje em dia.
A expectativa de ver novamente os brucutus de nossa infância derramando sangue na tela com suas metralhadoras de balas infinitas, caiu por terra. Temos um bom começo, uma trama bem clichê para justificar a entrada de Wesley Snipes, mas depois… a turma Malhação que entrou ali faz parecer ótimo o elenco Percy Jackson.
Aliás, aproveitando a citação das metralhadoras de balas infinitas, podemos dizer que neste filme, a munição acabou (literalmente e até brincam com isso). Porém é visível a apatia no rosto do elenco. Por inúmeras vezes, a equipe liderada por Sly parecia estar ali de favor, esperando a hora de ir embora. Cansaram.
Como a única coisa que fazia bem à franquia, acabou, o filme virou uma paródia atualizada dele mesmo.
Vai se pagar, mas não garante outro na sequência. Nem o vovô Han Solo salva o filme, nem o vilão Gibson faz jus a fama. O suspiro de humor que faz você seguir em frente com o filme é Antonio Bandeiras, acreditem!
Chega. “Get to the choppa!”

Os Mercenários 3 (The Expendables 3)
EUA , 2014 – 126 minutos – Ação
Direção: Patrick Hughes
Roteiro: Creighton Rothenberger, Katrin Benedikt, Sylvester Stallone
Elenco: Sylvester Stallone, Mel Gibson, Arnold Schwarzenegger, Harrison Ford, Jason Statham, Kellan Lutz, Wesley Snipes, Randy Couture, Dolph Lundgren, Ronda Rousey, Kelsey Grammer, Glen Powell, Terry Crews, Victor Ortiz, Antonio Banderas

<p>Dinheiro não traz felicidade… mas compra quadrinhos, que é quase a mesma coisa!</p>

Top