Loading

Bons tempos aqueles do título “Graphic Marvel”, onde nos deleitávamos com histórias incríveis produzidas pela nata dos quadrinhos. Eram sagas clássicas, fechadas em um único número, muito bem elaboradas. Verdadeiras maravilhas.

Vale a pena relembrar deste título, começando claro, pelo primeiro número: “Hulk e Coisa”, escrita por ninguém menos que Jim Starlin e desenhada por Berni Wrightson. Na história, entitulada como “A Grande Mudança”, Starlin genialmente consegue explorar a natureza destes dois maiores mortais que já passaram pela Terra.

Hulk e Coisa - A Grande Mudança

Não é segredo que o “Gigante Esmeralda” e o “Homem de Pedra” nunca se deram bem, aliás, representam os maiores combatentes já vistos. Retirados de suas rotinas, os dois são transportados para uma galáxia distante, mais precisamente para o planeta “Maltriculon”, habitado por seres asquerosos, disformes e altamente avançados tecnologicamente. Com a proposta realizar dois de seus maiores desejos (qualquer desejo), um burocrata os convence a entregar uma intimação a um grande vilão chamado “Senth Obbraço”, que mantém como refém o cientista “Dhu Ente” e sua grande descoberta.

A jornada até o covil do vilão é repleta de desafios e piadas, como o capanga “Kissal Affrário” e alguns robôs gigantes. Nossos heróis, ao se depararem com o vilão, ficam chocados, ele era um grande fã da dupla e evoluiu-se com características de ambos.

Após uma grande batalha (terrivelmente hilária), eles conseguem resgatar o cientista e sua fórmula. Até aí tudo bem, porém a fórmula tão disputada era um “tempero cósmico”, em outras palavras, um “Sazón das Estrelas”.

Passada a ira dos dois gigantes após descobrirem o motivo ridículo de sua missão, chega finalmente o momento de realizarem os pedidos. Poderiam ter pedido pra voltar à forma humana. Ou então acabar com as guerras. Quem sabe eliminar a fome… NÃO!!! Num momento de grande sabedoria, nosso grande, forte, burro e inocente Hulk pede comida (algumas toneladas de hambúrgueres) e para voltar a Terra. Imaginem só se o Coisa ficou satisfeito? TÁ NA HORA DO PAU!!!

Sem dúvida, uma das melhores comédias já escritas para os quadrinhos. Vale a pena conferir.

<p>Dinheiro não traz felicidade… mas compra quadrinhos, que é quase a mesma coisa!</p>

Top