Exorcismo – O Ritual Romano – El Torres & Jaime Martínez

Sinopse Oficial: O mal se manifesta onde menos se espera. Escondido sob as vestes de uma freira, nas preces de um sacerdote ou dentro dos muros da Santa Igreja. Santa?

Em Exorcismo: O Ritual Romano, graphic novel de terror da DarkSide® Books, o leitor tem acesso aos recantos mais sombrios do Vaticano e testemunha um caso de possessão demoníaca que pode mudar para sempre o destino da humanidade.

Quando um bispo morre de maneira cruel, as últimas esperanças estão nas mãos do padre John Brennan, um exorcista renegado que a alta cúpula da Igreja considera ser um traidor. Convocado para enfrentar o mal que se entranha por trás dos muros do lugar sagrado, Brennan terá que encarar seus próprios demônios e a diabólica irmã Maria Giorgielli — uma freira tão infernal quanto o espírito derrotado por Ed & Lorraine Warren, retratado na franquia Invocação do Mal, de James Wan.

Exorcismo: O Ritual Romano é um grande exemplar da obra de El Torres, premiado roteirista de quadrinhos de terror e fantasia espanhol, que permanecia inédito no Brasil. Lançado originalmente em quatro volumes, com ilustrações tenebrosas de Jaime Martínez e cores sangrentas de Sandra Molina, Ritual Romano foi um grande sucesso na Europa e nos Estados Unidos.

Com uma atmosfera soturna e carregada de suspense, um dos mais novos lançamentos da DarkSide® Graphic Novel (no final de 2019) traz um combo aterrador de escrita e texto que fará os verdadeiros fãs do terror reverenciarem seus criadores. Um quadrinho que continuará assombrando seus leitores mesmo depois de lido, benzido e guardado de volta na estante.

Apesar de ser uma obra de ficção, Exorcismo: O Ritual Romano apresenta uma versão do que poderia ter motivado a renúncia de Bento xvi. O papa alemão foi o primeiro a abdicar de seu ministério desde 1415. No texto em que analisa o processo de criação da graphic novel, El Torres conta que a semelhança não foi intencional. Ele já trabalhava com a ideia quando o Santo Pontífice anunciou seu afastamento. “A realidade contou a história mais rápido do que eu. Uma pequena vingança, já que normalmente costumo usar fatos aqui e ali quando estou construindo uma história”, afirma o autor.

A edição da DarkSide® Graphic Novel, selo que expande o universo sombrio e fantástico da editora mais possuída do Brasil, chega em capa dura e corpo fechado, com a história completa e alguns bônus como estudos de ilustração, além de prefácio assinado por Paco Plaza, diretor e roteirista de REC.

Você sabia que existe mesmo um livro religioso com este nome?

O Rituale Romanum (Ritual Romano em latim) é um livro litúrgico que contém todos os rituais normalmente administrados por um padre, incluindo o único ritual formal para exorcismo sancionado pela Igreja Católica Romana até finais do século XX, ritual para abençoar água, imagens e etc. Além do exorcismo de demônios, esse manual de serviço para padres também contém instruções para o exorcismo de casas e outros lugares que se acredita estarem infestados por entidades malignas.

Escrito no ano de 1614 durante o papado do Papa Paulo V, o Rituale Romanum alertava os padres contra realizar os ritos de exorcismo em indivíduos que não estejam realmente possuídos. Mas com o avanço da ciência médica que podia diagnosticar com maior precisão doenças tanto físicas quanto mentais, os casos de possessão real – demoníaca (extremamente “rara”; na verdade não comprovada) e espiritual (comum) – tornaram-se muito mais difíceis de determinar. Muito do que se acreditava ser possessão demoníaca agora é diagnosticado como sendo esquizofrenia, paranóia, distúrbio de múltipla personalidade, disfunções sexuais, histeria, e outras neuroses resultantes de obsessões e terrores da infância. Desde sua publicação inicial no século XVII, o manual permaneceu inalterado até 1952, quando duas pequenas alterações no texto do ritual do exorcismo foram feitas.

Essas revisões mudaram, por exemplo, o texto em uma linha que dizia “sintomas de possessão são sinais da presença do demônio” para “sintomas de possessão podem ser sinal de demônio”. Em outra sentença original, referia à pessoas sofrendo de condições além da possessão demoníaca ou espiritual como “aqueles que sofrem de melancolia ou outras enfermidades”, e foi modificada para “aqueles que sofrem de enfermidades, particularmente enfermidades mentais”.

Há padres, em número cada vez maior, que acreditam na existência de possessão demoníaca e enumeram sinais que indicam sua presença. De acordo com esses membros do clero, se um indivíduo demonstra habilidades paranormais, manifesta força física sobre-humana e, principalmente, fala em línguas desconhecidas, então ele pode ser um candidato para o ritual de exorcismo. A Igreja pode considerar esse indivíduo possuído quando os sintomas citados anteriormente são acompanhados de repulsa extrema por objetos sagrados. Um padre treinado na expulsão de demônios e espíritos malignos é então convocado e, somente após receber permissão de um bispo, pode realizar o centenário ritual do exorcismo.

Exorcistas raramente ou nunca trabalham sozinhos. Normalmente são auxiliadas por, no mínimo, três outras pessoas. Uma delas é geralmente um padre mais jovem e menos experiente que está ou esteve sob treinamento para realização de exorcismos. Seu papel central é continuar o exorcismo e assumir o ritual, caso o exorcista fique muito fraco para continuar ou se ele morrer. A segunda pessoa que serve de assistente para o exorcista é, na maioria dos casos, um médico cuja responsabilidade é administrar qualquer medicação ou tratamento que a vítima da possessão precise, pois sob nenhuma circunstância o exorcista pode fazer isso. A terceira pessoa é tradicionalmente um homem parente da pessoa possuída – normalmente o pai, irmão ou marido. Em alguns casos pode ser um amigo de confiança da família. Mas, em qualquer caso, é imperativo que esteja em boas condições de saúde e seja forte – tanto física como mentalmente. Se a pessoa possuída é uma mulher, muitos exorcistas providenciam que outra mulher esteja presente durante o ritual para evitar escândalos.

Antes de realizar o ritual do exorcismo, é costumeiro que o padre faça uma boa confissão e seja absolvido de todos os seus pecados para o caso de o espírito ou demônio que ele enfrentará tente usá-los contra ele durante o ritual. Ele então veste os trajes necessários para os padres exorcistas (um sobrepeliz e uma estola roxa) e inicia o ritual. Durante o exorcismo, certas orações prescritas, tais como o Pater Noster (o Pai-Nosso), as Litanias dos Santos e o Salmo 53, são recitadas sobre o individuo possuído, freqüentemente em latim, uma vez que se acredita que as orações são mais eficientes quando recitadas nessa antiga língua. Ao longo dessas recitações, o exorcista tradicionalmente faz o sinal-da-cruz, lê as escrituras e, às vezes, coloca suas mãos sobre a vítima. Ele também exige que o espírito maligno ou demônio que possuiu a pessoa revele seu nome e natureza, sucumba ao Filho de Deus e deixe sua vítima humana em paz. Quando o espírito maligno ou demônio finalmente parte, o exorcista reza a Jesus Cristo e pede que ele conceda sua divina ajuda e proteção à pessoa, que normalmente não retém memórias claras de sua possessão demoníaca ou do exorcismo. Se, todavia, o ritual de exorcismo não é bem-sucedido em expulsar o espírito maligno ou demônio de sua vítima, ele é então realizado repetidamente até que a entidade deixe o local. Isso pode levar horas, dias ou até mais tempo.

El Torres é um dos quadrinistas mais prolíficos da Espanha nos últimos anos. Seus trabalhos já foram publicados em países como França, Alemanha, Japão e Estados Unidos. Ele também realiza publicações independentes através de seu próprio selo, a Amigo Comics. Suas obras e séries de sucesso como The Veil, Nancy in Hell, Drums, The Westwood Witches e The Suicide Forest lhe deram o título de mestre do horror em suas terras. Por The Ghost of Gaudi, El Torres recebeu o prêmio de Melhor Obra na Barcelona International Comic Fair, em 2016. Siga o autor em twitter.com/eltorres72.

Jaime Martínez trabalha como cartunista para várias editoras independentes norte-americanas. Alguns dos títulos publicados nos Estados Unidos são Kolchak: The Night Stalker Files e Wrath of the Titans: Revenge of Medusa. Ele também fez adaptações para quadrinhos de filmes, como é o caso do longa independente Ninjas vs. Zombies e da minissérie Dream Runner. Saiba mais sobre o artista em alapizazul.blogspot.com.

Link para compra: https://www.amazon.com.br/Exorcismo-Ritual-Romano-El-Torres/dp/8594541678
https://www.darksidebooks.com.br/exorcismo–o-ritual-romano-drk-x/p

Capa dura: 128 páginas
Editora: Darkside; Edição: 1 (4 de outubro de 2019)
Idioma: Português
Dimensões: 26,6 x 17,4 x 1,2 cm



Fabio Camatari Escrito por:

Dinheiro não traz felicidade... mas compra quadrinhos, que é quase a mesma coisa!