Drácula de Bram Stoker – o Quadrinho e a Mini Série Netflix

No início dos anos 1990, a aclamada releitura cinematográfica de Francis Ford Coppola para o clássico Drácula de Bram Stoker também foi levada aos quadrinhos. Reinterpretado pelo veterano roteirista Roy Thomas e pela então estrela em ascensão Mike Mignola, Drácula foi recebido com entusiasmo pelos fãs em seu lançamento. Mesmo fora de catálogo nos Estados Unidos por 20 anos, a cultuada obra continuou a crescer em reputação e status. Agora, esta edição apresenta sua versão original em preto e branco, oferecendo uma visão única da arte de Mignola e seus característicos jogos de luz e sombra tão marcantes e sofisticados, que ilustram com maestria a lenda do mais célebre vampiro da história.

Já neste início de 2020, Drácula volta adaptado como uma série de televisão desenvolvida por Mark Gatiss e Steven Moffat, baseada no romance homônimo de Bram Stoker. A série foi transmitida e lançada na BBC One e Netflix, e possui três episódios. Claes Bang protagoniza a série. Drácula estreou no dia 1 de janeiro de 2020 e foi transmitido por três dias consecutivos.

Vamos ao resumo dos episódios, COM SPOILERS (siga por sua conta e risco):

1 As Regras das Trevas
O episódio começa com um homem mutado e doentio (que se revela ser Jonathan Harker) contando de sua viagem à Transilvânia para duas freiras, uma das quais lidera a entrevista depois de supostamente ler o manuscrito de seu relato. O objetivo de Jonathan Harker ao viajar para a Transilvânia era conhecer o Conde Drácula. Drácula estava planejando se mudar para a Inglaterra e seu advogado, Harker, estava indo para finalizar a documentação. Após uma troca enigmática entre o cocheiro local e o cocheiro de Drácula, Harker finalmente chega ao castelo. Ele é recebido no jantar por um fraco e geriátrico Conde Drácula, que possui um forte sotaque. Drácula se orgulha da natureza labiríntica e sombria da casa, contando a Harker a história da casa, salpicada de insinuações sinistras. Harker é então mostrado em seu quarto após um pequeno arranhão que o deixa sangrando. Harker tem um sonho vívido e sensual sobre sua noiva, Mina Murray, mas sem o conhecimento de Harker, Drácula voltou a se alimentar dele, sugerindo que o Conde possui poderes de sonho e manipulação da consciência.

Depois de um estranho incidente em que Jonathan recebe uma mensagem de angústia arranhada na janela do quarto, Harker está determinado a entender melhor sua casa temporária, mas se vê irremediavelmente perdido. Sua força e juventude também estão visivelmente esgotadas como resultado da alimentação noturna de Drácula, o que resulta no fato de cada vez estar mais atraente, apto e decididamente mais inglês em sua fala e comportamento, como resultado do consumo de sangue de Harker.

O medo de Harker cresce quando ele descobre uma sala cheia de restos pessoais do povo da aldeia romena, que parece estar clamando por atacá-lo, mas na verdade está implorando para que ele os mate de vez. Harker também descobre o sarcófago de Drácula por acidente, desmaiando devido à exaustão e susto.

Depois que Drácula faz alusão à sua última alimentação com Harker e sua morte iminente, Harker descobre outra pessoa mantida dentro das muralhas do castelo. Ele fica horrorizado ao descobrir que é uma das noivas de Drácula, morta-viva e presa em uma grande caixa de madeira. Existem algumas outras noivas na câmara escondida, sustentadas por “pedaços” de Drácula, como moscas e bebês. Depois de evitar por pouco um ataque de uma noiva voraz, Drácula leva o Harker visivelmente magro e envelhecido até o pico do castelo para ver o sol uma última vez antes de acabar com ele, mas Harker retoma a consciência e se permite queda livre do parapeito, selando sua fuga, explicando assim como ele chegou a um convento.

Logo é revelado que a freira interrogadora não é outra senão a irmã Agatha Van Helsing, enquanto a outra freira é Mina Murray, sua noiva. Logo se torna aparente que Harker não é apenas morto-vivo, mas um escravo de Drácula. A sala de repente se enche de morcegos, sinalizando a chegada do conde. Enquanto a irmã Agatha sai para enfrentar Drácula nos portões do convento, Harker quase machuca Mina, que estava sangrando como resultado do ataque do morcego. Horrorizado com o que ele havia se tornado, Harker tenta se suicidar, enfiando uma estaca de madeira em seu coração.

Enquanto isso, nos portões, após uma discussão ousada, provocadora e espirituosa entre a irmã Agatha e Drácula, o Conde é temporariamente rejeitado, pois não pode entrar sem um convite expresso. Implacável, Drácula logo descobre  que Harker ainda está vivo (o suicídio não funciona para os mortos-vivos). Drácula logo convence Harker a convidá-lo para entrar, e Drácula entra no convento para se vingar.
Ele convoca um bando de lobos para assolar todas as freiras, exceto Mina e Irmã Agatha. As duas conseguem evitá-lo por um tempo, mas Mina acidentalmente o convida para entrar, pensando que ele era Harker enquanto usava a pele morta de seu noivo.

2 Sangue a Bordo
Drácula navega para a Inglaterra em um navio chamado Deméter com outros passageiros e cinquenta caixas de seu solo nativo. Drácula permanece sem o conhecimento deles sob o pseudônimo de Balaur, um patrocinador, e começa a matar passageiros e tripulantes. Cada vítima foi cuidadosamente selecionada, pois Drácula pega características e memórias que deseja de cada um, enquanto absorve o sangue. Gradualmente, percebe-se que Drácula é o assassino, embora acuse o misterioso “passageiro do quarto nove”. A passageira do número nove é revelada como a Irmã Agatha, a quem Drácula vem se alimentando lentamente, mantendo-a viva. Os passageiros e a tripulação tentam enforcá-la, mas ela os convence de que Drácula é o assassino. Ao se aproximar de Whitby, alguns membros da tripulação escapam em um barco salva-vidas, enquanto Agatha, que está morrendo, explode o navio, a fim de impedir que Drácula chegue à costa. Drácula em seu caixão afunda no fundo do oceano.

3 Bússola Sombria
Drácula caminha debaixo d’água e aparece na praia de Whitby. Ele é recebido pelo Dra. Zoe Van Helsing, que se parece com a irmã Agatha e diz que ele estava sumido por mais de um século. Ele é preso pela Fundação Jonathan Harker, para estudo e coleta de seu sangue. No entanto, ele escapa usando o “sistema legal”. Zoe como cientista bebe sua amostra de sangue para entender o que ele quis dizer com ‘sangue é vidas’ e sincroniza com a memória da irmã Agatha. Enquanto isso, Drácula encontra uma nova noiva, Lucy Westenra, que não se importa com quem ele é ou teme a morte. A irmã Agatha está presente na consciência de Zoe e fala com ela para descobrir as limitações e os medos de Drácula. Zoe e Drácula se encontram em sua residência e discutem esses medos. Parece que Drácula teme a morte e, ao longo dos séculos, está condicionado a temer tudo o que representa essa verdade. Zoe, que está morrendo de câncer, dá seu último suspiro na casa de Drácula. Drácula comete suicídio bebendo o sangue de Zoe, pois é venenoso para ele. Os dois compartilham uma epifania à luz do sol.

Link para compra: https://www.amazon.com.br/dp/8569032404

Capa dura: 136 páginas
Editora: Mino (1 de outubro de 2018)
Idioma: Português
Dimensões: 32,2 x 20,8 x 1,2 cm

Se você gosta da temática vampiresca, não deixe de ouvir nosso episódio do LOVE KILLS, de Danilo Beyruth!!



Fabio Camatari Escrito por:

Dinheiro não traz felicidade... mas compra quadrinhos, que é quase a mesma coisa!