Loading

Paisagens desoladas, bandidos mal-encarados, povoados miseráveis no deserto, tesouros escondidos e trens carregados de dinamite. Bem que poderia ser, mas esta não é a sinopse de um filme de Sergio Leone. Bando de Dois, de Danilo Beyruth, leva para o cangaço o clima dos westerns italianos, tentando resgatar a aventura nas HQs brasileiras.

Na história, dois últimos sobreviventes de um bando de vinte cangaceiros partem em busca das cabeças decepadas de seus companheiros, preparados para enfrentar um exército. Cada um com os seus motivos.

Bando de dois, escrito e desenhado por Danilo Beyruth (publicitário, ilustrador e quadrinista, autor de Necronauta, São Jorge, trilogia Graphic MSP Astronauta, atualmente trabalhando em Gwenpool e Ghost Rider), foi um dos trabalhos de quadrinhos contemplados em 2009 pelo ProAC – Programa de Ação Cultural, da Secretaria da Cultura do governo do estado de São Paulo. A primeira tiragem foi lançada pela Zarabatana, em 2010.

A obra venceu o Troféu HQMix em 2011, com os prêmios de melhor edição especial, melhor desenhista e melhor roteirista.

bando_um_quadro-681x1024

A história segue os cambaleantes passos de Tinhoso e Caveira de Boi, “bandidois” que sobra de um grupo de cangaceiros liderados por Otônho. O bando foi dizimado pelo Tenente Honório e tem suas cabeças decepadas e colocadas em caixas, rumando em direção à capital, onde serão exibidas como troféus e aviso. Após uma visão febril, a dupla decide vingar os amigos mortos e poupá-los dessa vergonha pública. Uma vingança feita com sangue e metais quentes das balas zunindo pela caatinga e pelas peixeiras afiadas.

É uma visão menos novelizada e mais crua que temos sobre ficção envolvendo o cangaço. Uma obra necessária para os colecionadores que prezam por edições únicas e especiais. Recomendamos fortemente!

Editora: ZARABATANA BOOKS
Edição: 2
Ano: 2010
ISBN: 8560090266
Encadernação: BROCHURA
Altura: 28,00 cm
Largura: 21,00 cm
Nº de Páginas: 96

<p>Dinheiro não traz felicidade… mas compra quadrinhos, que é quase a mesma coisa!</p>

Top