Loading

Singularidade – s.f. Qualidade do que é singular, unicidade: a singularidade do fato. Particularidade, excentricidade: suas singularidades chocantes.
Singularidade tecnológica é um evento histórico previsto para o futuro no qual a humanidade atravessará um estágio de colossal avanço tecnológico em um curtíssimo espaço de tempo.
Singularidade gravitacional, um conceito da Cosmologia envolvendo uma curvatura infinita no continuum espaço-tempo.
Singularidade matemática, ponto onde uma função matemática assume valores infinitos ou, de certa maneira, tem um comportamento não definido.

Todos estes quatro conceitos podem ser encontrados em Astronauta: Singularidade, a mais nova edição da família do selo MSP. A continuação da Graphic MSP de Danilo Beyruth, foi lançada durante a Comic Con Experience (você verá mais sobre o evento aqui!), em dois formatos: capa mole (R$ 19,90) e capa dura (R$ 29,90). Beyruth e a colorista Cris Peter (simpatias em pessoa!) assinam a obra. Na nova trama, nosso herói espacial investiga um buraco negro, mas o que seria uma missão científica, acaba se tornando uma aventura muito perigosa. Desta vez, ele não está sozinho em sua nave.

E como surgiram tantas abordagens para a mesma palavra?

Arte + Ficção Científica!

A singularidade apontada inicialmente para a história, é o evento astrofísico relacionado a um buraco negro, onde a curvatura espeço-tempo são infinitas. É as margens deste evento que se desenrola a história. Porém podemos ainda relacionar outros tipos de singularidades: a matemática (abordada na explicação científica de como um certo artefato funciona) e a tecnológica (como tal artefato poderia alavancar o conhecimento científico terrestre).
Outro aspecto abordado é o relacionado a definição da palavra: Qualidade do que é Singular. Particularidade, Excentricidade. Como esta edição se conecta ao final de Astronauta: Magnetar, vemos nosso herói ser estudado pela BRASA, a fim de se entender os efeitos de sua última aventura sobre a mente de Astronauta Pereira. O que descobrimos na verdade é como alguém pode ser Singular em tantos aspectos humanos. Heróis de verdade são assim – Singulares. Por isso são exemplos a ser seguidos, seja qual for sua origem.

Esta é mais uma daquelas obras que devem ser lidas algumas vezes: para se divertir, para adquirir conhecimento e para ser alguém melhor. Como bem disse o próprio Mauricio de Sousa: “Só se deve emprestar algo tão valioso e querido, se tiver a certeza de que a outra pessoa vai cuidar realmente bem daquele “tesouro”.

Se quiser saber sobre o trabalho de Danilo Beyruth, veja São Jorge!
Outras Graphic MSP? Então veja esta lista!
Astronauta-Singularidade-Capa

<p>Dinheiro não traz felicidade… mas compra quadrinhos, que é quase a mesma coisa!</p>

Top