Loading

Este é um dos melhores quadrinhos que já li e é assim que começamos este texto: com opinião de fã!

No começo do ano, peguei a lista de indicações do Sidão (link: http://sidneygusman.blogspot.com.br/2015/02/os-melhores-quadrinhos-de-2014-na-minha.html) e saí caçando os exemplares. Consegui praticamente todos e dentre eles, uma das maiores surpresas foi A Vida de Jonas.

Sinopse oficial da Obra:

Um ex-alcoólatra abandonado pela mulher e desempregado lutando para ficar sóbrio e ter sua tão sonhada segunda chance. A Vida de Jonas é uma história sobre corações partidos, amizades testadas, fantasmas pessoais e cicatrizes que não se curam.

“Hipnotiza a nossa vista, confunde, envolve, surpreende. Transmite emoções com cada curva despretensiosa. Rico em sua simplicidade, simplicidade que deve dar um trabalho danado pra se atingir.” – Trecho do prefácio de André Diniz

jonas

Primeiramente, já foi um pouco complicado localizar a edição na livraria. No local onde comprei (uma grande livraria de um shopping em Campinas), o livro estava no departamento de Infantis… imagine a surpresa de uma mãe ao comprar um livro com um “muppet” na capa, e descobrir que ali dentro tem uma história sobre a densa e tempestuosa fase de reabilitação social de Jonas, um ex-alcóolatra que perdeu a mulher e tenta recuperar sua vida.
Seus amigos ficam com um pé atrás ou simplesmente desaparecem do seu círculo, que se torna cada vez mais unitário pela compressão da solidão e do abandono marginalizado pela sua vida social em virtude dos pecados pregressos.

Dentre as diversas referências que podemos encontrar nesta edição, inclusive ao personagem bíblico Jonas (se reparar bem), a mais notável é o fato de toda a trama ser protagonizada por fantoches, afinal, não seria a vida conduzida pelos fios invisíveis do destino, ou as mãos afáveis de Deus? Fica a reflexão…

Recomendo muito este álbum, pela temática e qualidade gráfica!

Em tempo, esta edição esta pré indicada ao Troféu HQMIX deste ano, nas categorias Desenhista Nacional, Roteirista Nacional e Edição Especial Nacional!

Sobre o Autor:

Magno Costa é um ilustrador e quadrinista paranaense que reside em São Paulo há vinte anos.

Em 2011 lançou com o irmão Marcelo Costa as HQs Matinê e Oeste Vermelho – esta última lhes deu o Troféu HQMix de melhor desenhista revelação e foi também publicada na Argentina. Em 2013 lançou a HQ muda Mary, e participou dos livros Ícones dos Quadrinhos e Mônica(s) para a comemoração de cinquenta anos da personagem.

A VIDA DE JONAS

Magno Costa, cores de Marcelo Costa
Zarabatana Books – 20,4 x 29,5 x 0,5 cm – 64 páginas – colorido – 1ª edição – 2014
Brochura – cadernos costurados – Capa com laminação fosca, verniz UV e orelhas – Miolo em papel couchê 150g/m2 – Shrink individual
Aconselhável para adultos – ISBN 978-85-60090-57-0
Preço: por volta de R$40,00.

<p>Dinheiro não traz felicidade… mas compra quadrinhos, que é quase a mesma coisa!</p>

Top