Loading

i_love_nerdsAntes que você estranhe este post ou faço pouco caso dele, preste bem atenção: Barack Obama é um Nerd, o mais poderoso da história! Yes, We Can!
O Dia do Orgulho Nerd, ou Dia do Orgulho Geek é uma iniciativa que veio a popularizar de tirar om tom “ridículo” da alcunha nerd. O termo teve origem na Espanha (“dia del orgullo friki”, em espanhol). A data de 25 de maio foi escolhida para comemorar a première do primeiro filme da série Star Wars, em 1977, marca da cultura geek, afinal, todos sabem o que o filme significou e as portas que abriu unindo aventura de capa-e-espada, filosofia mitológica de Joseph Campbell e efeitos especiais de primeira qualidade. Criou não só um universo próprio, como também uma legião de fanáticos.

Tá, você vai querer comparar com outro dia do rogulho “…”. Por enquanto não existe parada nerd, afinal geeks de verdade não iria querer deixar a frente da tela do computador para ir para as ruas tão facilmente.

Mas se está por fora do assunto e faz a correlação nerd-CDF, seu (pre) conceito precisa ser revisto. Muita coisa mudou no mundo, em função dos geeks. Para começar, eles conquistaram o mundo e Bill Gates, Steve Jobs, Quentin Tarantino, Kevin Smith e muitos outros estão aí para provar a teoria.

Cosplay. A TV começou a reparar nos fanáticos pela cultura nerd e hoje muitos já sabem o que é. A toa? Claro que não. Os filmes que arrasam bilheterias são exatemente os novos ícones nerd do momento! Personagens com roupas coladas e máscaras ique invadiram as telonas e blockbusters com X-Men, Homem-Aranha, Batman, Jornada nas Estrelas, 300 de Esparta, Superman e Arquivo X. Os filmes baseados em vídeo-games também fazem a alegria da molecada e enchem os bolsos dos produtores de dinheiro. Sem falar nos reality shows como As Gostosas e os Geeks e comédias geniais como The Big Bang Theory, na TV, mostrando que nerd não morde, pelo contrário.

windowslivewriterorgulhodesernerd-af04nerd

Esqueça aquele visual óculos, camisa abotoada no colarinho, ar retraído, feio, anti social, etc… O mundo mudou! Saiba que pesquisas mostraram que o nerd é melhor amante, que tem mais papo e até mesmo, em um estudo de 2008, que possue melhor esperma por ser mais saudável e não “se ligar” em drogas. Enfim, ser um legítimo geek hoje é cool, entender de Batman é hype e ler gibis não é um crime passível de zombarias na escola ou faculdade. Sacou?

Foi criado também um manifesto para celebrar o primeiro Dia do Orgulho Nerd, que incluía a seguinte lista de direitos e deveres dos nerds:

Direitos:

1. O direito de ser ainda mais nerd.
2. O direito de não sair de casa.
3. O direto de não ter um par romântico e de ser virgem.
4. O direito de não gostar de futebol ou de qualquer outro esporte.
5. O direito de se associar a outros nerds.
6. O direito de ter poucos (ou nenhum) amigo.
7. O direito de ter tantos amigos nerds quanto quiser.
8. O direito de não ter que estar “no estilo”.
9. O direito ao sobrepeso (ou subpeso) e de ter problemas de vista.
10. O direito de expressar sua nerdice.
11. O direito de dominar o mundo.

Deveres

1. Ser nerd, não importa o quê.
2. Tentar ser mais nerd do que qualquer um.
3. Se há uma discussão sobre um assunto nerd, você tem que dar sua opinião.
4. Guardar todo e qualquer objeto nerd que você tenha.
5. Fazer todo o possível para exibir seus objetos nerds como se fosse um “museu da nerdice”.
6. Não ser um nerd genérico. Você tem que ser especialista em algo.
7. Assistir a qualquer filme nerd na noite de estréia e comprar qualquer livro nerd antes de todo mundo.
8. Esperar na fila em toda noite de estréia. Se puder ir fantasiado, ou pelo menos com uma camisa relacionada ao tema, melhor ainda.
9. Não perder seu tempo em nada que não seja relacionado à nerdice.
10. Tentar dominar o mundo!

Se você quiser, só para comemorar o dia, conhecer um legítimo übergeek (mais que um mega-nerd), entre no site www.magicdragon.com. Seu autor, o americano Jonathan Vos Post, é professor em astronomia, ciência da computação, composição inglesa, matemática, física, antropologia, ecologia, literatura, filosofia, entre outras, e possui mais de 820 trabalhos publicados, como um tratado de 57 páginas sobre “Quais números podem ser feitos com quatro noves”, 1.370 páginas em HTML com uma lista de escritores de ficção científica, além do livro “Como falar com um extra-terrestre”. Apesar de horroroso, o site tem 200 mil visitantes por mês e possui 4.307 páginas, de acordo com o live.com.

Fontes: Terra e Wikipedia

<p>Dinheiro não traz felicidade… mas compra quadrinhos, que é quase a mesma coisa!</p>

Top